POR TRÁS DO YIN YANG

Você com certeza já viu este símbolo por aí: ️. Ou pelo menos já ouviu falar em Yin Yang, mas talvez não conheça profundamente o que está por trás dessa filosofia chinesa.
Hoje, eu vou desvendar tudo para você!

A HISTÓRIA DESSA FILOSOFIA

Tudo começou no século 12 a.C. quando o famoso livro chinês sobre adivinhação, o “I Ching” (O Livro das Mudanças), foi escrito. Esse livro tem explicações detalhadas sobre a interação das duas forças opostas, yin e yang, que muitos chineses ainda acreditam que são os princípios controladores por trás de todos os assuntos da vida.

Nesse livro, diz-se que tudo sempre está mudando e que nada é permanente. Para conseguir ter sucesso em um empreendimento ou carreira, a pessoa precisa estar atenta a todas as mudanças que estão acontecendo e agir de acordo com isso. Normalmente, as pessoas fazem perguntas, lançam sortes e então recorrem ao livro “I Ching” em busca de respostas.
Na sequência da história, surge Chuang Tzu. Ele explicou os conceitos de yin e yang, originalmente desenvolvidos em “I Ching”, o Livro das Mudanças. Em seu conceito, nada é realmente permanente ou absoluto, mas tudo se acha num estado de fluxo entre dois opostos.

O SIGNIFICADO DO YIN YANG

O significado literal remete aos lados sombreados e ensolarados de uma colina. Básicos em todas as filosofias chinesas, o yin e o yang são elementos opostos, porém complementares, dos quais tudo na natureza é composto.

阴阳交错。
Yīn yáng jiāo cuò

O yin predomina em tudo que é escuro, sombreado, frio, molhado, declinante, curvado, terrestre e feminino. Já o yang é brilhante, quente, seco, crescente, obstinado, agressivo, celeste e masculino.
A ideia é manter o equilíbrio entre as forças yin e yang, mas não se deve tentar modificar as forças de seus estados naturais.

No final, é tudo sobre o equilíbrio! O que você acha dessa filosofia? Já conhecia a história por trás dela?☯

Professor

Rhavi Carneiro