Doumo kon’nichiwa! Bem-vindos e bem-vindas à nossa tip de japonês!

Sem dúvida alguma, Naruto é um dos animes mais conhecidos no mundo e conquistou uma legião de fãs no Brasil.

Mas “naruto”, em japonês, não é só o personagem do anime. Na verdade, é um ingrediente de um dos pratos mais conhecidos do Japão, o lámen, e é feito de uma massa de peixes brancos com condimentos. Uma delícia!

A propósito, “lámen” em japonês é:
ラーメン (Raamen)
Lámen

E, para dizer “naruto”:
なると (Naruto)
Naruto

Existem outras variações dessa massa feita de peixes, mas o “naruto” ficou tão popular no Japão, por ser uma delícia, que se tornou o símbolo do lámen. Algumas dessas variações são  かまぼこ (Kamaboko) e ちくわ (Chikuwa).

A propósito, como estamos falando de Naruto, você pode ter escutado isto por aí: だってばよ (Dattebayo). É o jargão do personagem, sem significado próprio. É também uma mania, um vício para dar ênfase à frase. Por exemplo, ao falar para uma criança:
だめだよ!(Damedayo!)
Não pode!

E então, dá uma ênfase:
だめだってばよ!!(Damedattebayo!!)
Eu disse que não pode, poxa!!

E essa foi a dica de hoje. Espero que tenham curtido, e não se esqueçam de enviar esta tip para um amigo fã de Naruto. Aposto que você conhece alguns!
じゃね!(Jaa ne!)
Até mais!

Alt Text:

Na tela está o professor Akira, de japonês, homem asiático de cabelo preto liso vestindo camiseta preta. No fundo, uma parede branca com uma estante com livros, mangás e action figures. Na tela, aparecem os dizeres: O que significa “Naruto”? Na sequência, aparece o personagem Naruto, do anime de mesmo nome. O professor mostra que “Naruto” também é um ingrediente do lámen (raamen, em japonês) e apresenta uma ilustração do prato japonês. Então, o professor apresenta outras variações dessa massa, como o kamaboko e o chikuwa. Na tela, também aparece o jargão popular do personagem Naruto: dattebayo. Uma palavra para dar ênfase a uma frase. Por exemplo, quando vai dizer para uma criança que algo não pode: Damedayo (não pode, em português). Para dar ênfase, diga: Damedattebayo! (eu disse que não pode, poxa!). Na sequência, o professor se despede e deixa um desafio: comentar outra mania muito utilizada pela família do personagem no anime. Jaa ne (até mais, em português)!

Professor

Rhavi Carneiro